domingo, 29 de novembro de 2009

Por dentro da Exposição de Francis Tondeur

Sob a orientação da professora Alberta Fitas, os alunos do 11º ano, turmas A1, A2 e A3, realizaram uma visita ao Palácio da Galeria para verem a exposição de Francis Tondeur. Dessa actividade, integrada na disciplina de Filosofia, resultaram diversas reflexões e uma reportagem fotográfica.
Com a colaboração da nossa Biblioteca, montámos uma exposição e agora aguardamos pela vossa presença.
Visite-nos.

Como exemplo de um dos muitos trabalhos realizados, transcrevemos aqui um deles:

Aurora da minha humanidade

Quarta-feira, 11 de Novembro de 2009, a turma do 11º A2 visitou a exposição intitulada “Aurora da Minha Humanidade”, de Francis Tondeur.
A exposição tinha como objectivo transmitir aos seus visitantes momentos marcantes da sua infância. Ao entrarmos na sala de exposição, ficámos decepcionados, uma vez que, nos deparámos com três esculturas cobertas por panos brancos e não entendemos o seu significado. A nossa guia explicou-nos então que, enquanto criança, Francis Tondeur chegava a casa da avó e deparava-se com inúmeros vultos cobertos por panos brancos. Estes revelavam-se então grandes mistérios sempre que chegava a essa casa. Francis Tondeur ao percorrer os corredores cobertos de branco sentia uma enorme magia que envolvia todo aquele ambiente de mistério, que se perdia cada vez que destapava todos aqueles vultos e se deparava apenas com móveis velhos protegidos do pó.
De seguida, avançámos para a sala seguinte, onde observámos mais esculturas, tendo sido estas fabricadas aos pares, onde uma feita de madeira estava coberta pelo pano branco, e o seu par era feito de bronze e pintado de preto. Nessa sala demos especial atenção a uma certa escultura, que representava a mão de um trabalhador, segurando um bloco com firmeza. Esta mão estava pintada e reflectia-se no espelho sem impressões digitais, dando a ideia de que a identidade da pessoa tinha sido apagada.
Dirigimo-nos depois para uma sala onde passava um vídeo que mostrava como Francis Tondeur elaborava as suas esculturas, fazendo sempre diversas tentativas, vendo qual seria a mais adequada para transmitir as suas recordações. A nossa guia chamou-nos à atenção para o facto de Francis Tondeur não ter escolhido nenhuma música de fundo para acompanhar aquele vídeo, mas sim fazê-lo ao ar livre, com os sons da Natureza: vento, pássaros, cigarras etc., uma vez que são sons mais tranquilos, mais naturais e que também se adequariam mais às recordações da sua infância.
Esta visita deu-nos a perceber um pouco melhor a beleza da arte abstracta, e a perguntarmo-nos sempre o porquê de o escultor ter posto isto ou aquilo, desta ou daquela maneira porque, mesmo na arte abstracta, tudo tem uma razão de ser, uma lógica a seguir e uma perspectiva.

Daniela Ramos nº5; Marta Lourenço nº 17;11ªA2
15 Novembro, 2009

quinta-feira, 12 de novembro de 2009

Intercâmbio Escolar Tavira / Kénitra 2008 -2010

No âmbito da geminação das Câmaras Municipais de Tavira e Kénitra (Marrocos) realizaram-se, desde o ano lectivo de 2005/06, várias deslocações dos nossos alunos a esta cidade e também tivemos o prazer de receber estudantes e professores provenientes da mesma.
No ano lectivo transacto, os alunos da turma 10º A2 acolheram, na nossa escola e nas suas casas, alunos da escola Taqdoum.
Este ano, já no 11º ano, entre os dias 12 e 16 de Outubro, os nossos alunos tiveram a oportunidade de visitar a escola, a cidade de Kénitra, os arredores e a capital de Marrocos, bem como “mergulhar” numa nova cultura. As aprendizagens foram muitas e profícuas no desenvolvimento cognitivo e na formação humana dos nossos alunos. É, por isso, importante, enfatizar e louvar estas iniciativas que partiram e têm apoio logístico da Câmara Municipal de Tavira. Apoiaram também este Projecto de Intercâmbio a Direcção Executiva da Escola 3 EB Dr. Jorge Correia – Tavira, os Encarregados de Educação de todos os alunos intervenientes, os docentes que colaboraram calorosamente, os professores responsáveis pelo projecto. e, ainda, neste ano lectivo, o Presidente da Junta de Freguesia de Santa Maria.
Na primeira quinzena de Dezembro, data ainda a agendar, será apresentado, à comunidade escolar e local, um relatório ilustrado e as fotografias deste intercâmbio, no auditório da nossa escola. Contudo, na nossa BE podem desde já visualizar o DVD gentilmente cedido por Ait Bella Hassan, o jornalista que nos acompanhou ao longo deste último intercâmbio. Juntamos ainda um artigo do Jornal Al-Ahdaath, n.º 97, Ano 8, 3 a 10 de Maio 2009 e a sua tradução, realizada afavelmente pelo professor Mesquita. Por último, deixamos aqui uma nota rectificativa elaborada pelos professores responsáveis pelo projecto.

TRADUÇÃO

No âmbito das relações de geminação entre as cidades de Kénitra e Tavira-Portugal, no passado mês de Maio viajou a esta cidade do sul de Portugal, em visita de trabalho, uma delegação escolar da nossa escola secundária, Escola “Taqdoum Taahiliatu”. A delegação era composta por dezassete alunos, dez alunos e sete alunas. Acompanharam os alunos, o representante regional do Ministério da Educação Nacional para a região de Kénitra, o professor Hassan Ait Bila, chefe do departamento de comunicação, o senhor Aziz Azeitoune do departamento técnico e a professora Fatma Aicha, professora da disciplina de Física.
A delegação foi recebida pelo presidente da Câmara de Tavira, senhor Macário Correia, que organizou um conjunto de visitas ao legado árabe-islâmico existente na cidade de Tavira, às dependências dos diferentes serviços camarários a funcionar no edifício da Câmara e às estruturas educacionais, mercados e praias da região. A delegação fez também uma visita à cidade de Lisboa, capital de Portugal.
Esta visita fortaleceu a cooperação entre a nossa escola e a Escola Secundária Dr. Jorge Correia de Tavira, tanto a nível pedagógico como a nível cultural.

( Amina Saadia)

Jornal Al-Ahdaath – nº 97 – Ano 8 Edição semanal de 3 a 10 de Maio 2009


Nota rectificativa


Embora este intercâmbio partisse da iniciativa da Câmara Municipal de Tavira e tivesse o apoio logístico incondicional desta entidade, toda a programação da estada da comitiva marroquina foi elaborada e realizada pelos professores responsáveis pelo projecto do intercâmbio da ESCOLA SECUNDÁRIA 3 EB DR. JORGE CORREIA – TAVIRA, contou igualmente com o apoio imprescindível da Direcção Executiva que ofereceu um almoço a toda a comitiva, assim como recordações aos responsáveis marroquinos pelo intercâmbio, abriu ainda, amigavelmente, as portas deste Estabelecimento de Ensino. Pelo facto, deve-se também sublinhar o apoio e a colaboração de todos os docentes e funcionários desta escola e, muito particularmente, o acolhimento das famílias envolvidas no intercâmbio.

Os professores responsáveis pelo Projecto,


Ana Maria Alves, António Rosendo e Paula Pereira. video