terça-feira, 19 de junho de 2012

Exposição de representações de obras Renascentistas, pelas Turmas de TCM 1 e 2

Motivados pela sua professora de História e Cultura das Artes, Margarida Diniz, os alunos das turmas TCM1 e 2 produziram representações de obras renascentistas que têm estado expostas no interior da nossa  biblioteca.
Colegas de outras turmas têm vindo visitar a exposição e deixaram, por escrito, louvores ao empenho dos alunos envolvidos, como o evidenciam as fotos de alguns trabalhos que aqui exibimos:

 

 


 


segunda-feira, 18 de junho de 2012

Ó Porto, que alma d’Ouro tens tu…

Entre 18 e 20 de Abril, a turma A2 do 12º ano deslocou-se numa visita de estudo ao Porto, sendo as professoras Cristina Castilho e Vânia Diogo as professoras acompanhantes. Do muito que viram, olharam, escutaram e fotografaram, resultou, certamente, um ganho em capital cultural. O texto poético do Rúben Sousa e a sua foto, merecedora de um primeiro prémio num concurso de fotografia de que os professores José Couto e Reinaldo Barros foram o júri, é a prova disso:

Ó Porto, que alma d’Ouro tens tu…

Podes não ter cores frescas e vivas como o Sul de Portugal, podes ser mais cinzento, da cor da tua pedra dura de granito e que faz de ti a cidade Invicta. Majestosas obras foram feitas por grandes artesãos que te talharam e esculpiram. Mesmo que o escopro estremecesse ou fraquejasse, o braço e a maceta obrigaram-te a ceder à sua vontade de erguer esta cidade, pura alma Lusitana. No entanto, a tua cor é rubi, os mais preciosos rubis que nascem nas tuas tortuosas margens inclinadas, apenas aplainadas por socalcos abertos por força primária do dinamite, e depois por força de picaretas, pás e enxadas tracionadas pela força braçal de homens. E as rochas xistosas de grande tamanho puxadas por juntas e posicionadas como linhas de defesa da mais velha zona Demarcada de Vinhos do mundo, onde crescem videiras na calma dos ciclos agrícolas, pois o tempo é tudo aquilo que estrutura a qualidade. É necessário tempo para que tudo se forme lindamente.


Quando encontrei esta imagem, ainda trazia o leque aromático da prova dos vinhos do Porto, um branco florido de frescura e ao mesmo tempo com um calor de dedos de ninfa que tocam homens com a sua beleza. Há ainda o toque das brisas marítimas que circulam pelo vale Duriense, refrescando as folhas das vinhas com a delicadeza e dedicação tal e qual Dona Antónia, o mesmo Amor de cuidar… O tinto tinha um travo de taninos que se revelava na primeira linha tal e qual as terras difíceis que lhe dão origem. Há um sabor de frutas bem maduras e de toques de compota de frutos silvestres com frutos secos, e novamente aquele toque intenso e energético de Dona Antónia, a famosa Ferreirinha que o seu espírito ainda cuida dos vinhedos e os vigia… Tudo isto ouvi e saboreei vindo dos barcos Rabelo ainda com as pipas pouco mais que meias da jovem e preciosa bebida, pois não fossem borda fora na sua descida de rio bravo e indomável. Assim, boiam, podendo ainda ser resgatadas. Tudo isto sobre este cais, sobre as tábuas dos Rabelos, ecoando dentro das pipas...

Lá está o velho casario construído de alegrias e tristezas cravadas no desgaste de soleiras, parapeitos e ombreiras por lágrimas como ferro em brasa vincaram a sua passagem, salgando mais o oceano.

Ao fundo a Ponte da Arrábida, marco importante na História das engenharias. É esta ponte o maior arco suspenso em betão pré-esforçado do mundo, posta em dúvida a sua finalização por ser uma obra de grande engenho e arte. Se é verdade que as Tágides abençoaram Camões, as ninfas Douradas apoiaram este arco para que não se desmoronasse e mostrássemos ao mundo que somos capazes de grandes feitos!

Captei este momento com todo o meu coração e agora digo-vos, meus amigos e amigas, quer vos conheça ou não, tenho-vos como amizades. Fotografem com o coração, sintam o Amor surgir no romantismo de um momento. Sintam e vejam o que dar Amor faz acontecer, porque tudo o que tem existência merece Amor!
Rúben Sousa

Projeto Artístico Individual - as últimas obras do 12º E na nossa escola

Durante as duas ultimas semanas de aulas, a turma de Artes do 12º ano apresentou, em diversos locais da escola, e não só, o  seu trabalho final da disciplina de Oficina de Artes – o Projecto Artístico Individual. 
A partir de uma técnica escolhida por cada um e de um mote, proposta individualizada, fornecida pela professora (um poema, uma música, uma palavra, etc.), os alunos desenvolveram os seus últimos trabalhos artísticos deste ano.
E também os mais pessoais e bem sucedidos. Surgiram instalações, esculturas, vídeos, pinturas, fotografia, colecções de moda, uma passagem de modelos… Em todos os trabalhos observou-se o grande empenho dos alunos e particularmente o seu crescimento ao nível da criatividade, que, por sua vez, os ajudou a crescer.
Esperemos que estes jovens consigam dar um rumo interessante à sua vida fazendo uso do seu talento, de que me orgulho de os ter ajudado a descobrir.

A professora, Zélia Paixão
     
Marcelo Soares
                                                          
                                                                        Ana Pereira



















Paulo Brito

sexta-feira, 8 de junho de 2012

Dia de Portugal e a herança portuguesa legada ao mundo

Para comemorar o Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Lusíadas, convidamos os nossos visitantes a desfrutarem do vídeo em anexo, uma homenagem à herança legada ao mundo pelo império português.

quinta-feira, 7 de junho de 2012

Portugal vale a pena, Portugal é capaz!

Na semana em que se comemora o Dia de Portugal nada melhor do que recordar como no presente também temos sidos líderes a nível mundial em diversas áreas:






Manifestamos a nossa admiração pelo trabalho aqui apenso onde se menciona que Nicolau Santos é o autor do texto mas omite-se o nome do responsável pela edição da apresentação eletrónica.


O Projeto Rio e o Cineclube de Tavira apresentam, sexta-feira, 8 de Junho, pelas 21:30h, no Cine-Teatro António Pinheiro o filme:

  ALMADRABA ATUNEIRA.

Este documentário português do realizador António Campos, rodado em 1961, apresenta-nos uma abordagem próxima e ágil da pesca do atum em Tavira.

quarta-feira, 6 de junho de 2012

Rioblitz – Seja cientista por um dia!


No âmbito do Projeto Rio - fator de desenvolvimento e valorização de Tavira inserido no Projeto Europeu PLACES - Cities of Scientific Culture - o Centro Ciência Viva de Tavira (CCVT) irá organizar, em parceria com a Câmara Municipal, o Rioblitz - Seja Cientista Por Um Dia!, nos dias 8 e 9 de Junho, em Tavira.

Este evento tem como objetivo sensibilizar para a gestão dos recursos hídricos da região e promover o Voluntariado Ambiental para a Água. O Voluntariado Ambiental para a Água pretende contribuir para a valorização e melhoria da qualidade dos recursos hídricos no Algarve, através da sensibilização para as questões da água e da mobilização da sociedade para o trabalho voluntário, tendo em vista a implementação da Diretiva Quadro da Água e os objetivos da Carta da Terra. A água é um recurso precioso e a sua ausência ou a sua presença em quantidade ou qualidade inadequadas tem sido um dos principais fatores limitantes do crescimento social e económico de várias regiões do mundo.

Assim, no dia 8 de junho o Rioblitz irá decorrer no CCVT a partir das 17h30, com duas palestras: a primeira apresentação será realizada pela Eng.ª Paula Vaz (ARH) sobre Bioindicadores da qualidade da água, e de seguida a Prof. Augusta Carvalho da Escola Secundária de Tavira exibirá alguns dos resultados da monitorização do Rio Gilão utilizando os foraminíferos como bioindicadores. Estas apresentações servem de mote para as campanhas de amostragem que se realizarão no dia seguinte.

As atividades no dia 9 de junho, com a colaboração do Ciência Viva do Algarve e da Prof.ª Augusta Carvalho, terão início com uma campanha de amostragem de organismos aquáticos nas margens do rio Gilão. Durante a tarde, nos minilaboratórios montados em tendas ao ar livre no Jardim do Coreto, em Tavira, proceder-se-á à triagem e identificação dos organismos capturados, e deste modo, ajudar a descobrir a qualidade da água do Rio Gilão.

A participação nas atividades é gratuita, mas requer inscrição e a mesma poderá ser efetuada por telefone (281 326 231) ou e-mail (geral@cvtavira.pt).

Dia do Espanhol - 6 de junho

O Grupo de Espanhol celebra hoje, dia 6 de Junho, o dia da sua disciplina com muita animação na Sala de Convívio dos Alunos:

Festa de encerramento do ano letivo








O Clube de Teatro da nossa escola preparou uma FESTA DE ENCERRAMENTO do ano letivo a realizar no Cine-Teatro António Pinheiro, quarta-feira, dia 6 de junho, pelas 10:30h.

Os sketch a apresentar pautar-se-ão pelo sentido crítico temperado com muito humor.


terça-feira, 5 de junho de 2012

Testemunhos 2 - Serafinstórias

A sessão de contos dinamizada por Serafim, contador de histórias, foi um sucesso. Eis um segundo conjunto de testemunhos de alunos, agora. da professora Ana Alves:
Testemunhos SERAFINSTORIAS

Testemunhos de alunos - «Bons Ofícios» de Afonso Dias



A 23 de Abril, Afonso Dias dinamizou duas sessões de poesia na nossa escola, por iniciativa conjunta da DREALG e da nossa biblioteca, como já noticiaramos.


De entre o conjunto de breves depoimentos  de alunos que assistiram às sessões, selecionámos três. Todos do 10º E e alunos da professora de Português, Ana Alves.


Testemunhos Sessão de Afonso Dias

A Natureza e os seus mestres de disfarce

Neste Dia Mundial do Ambiente, convidamos os nossos visitantes a apreciarem o engenho dos mestres do disfarce em destaque na apresentação eletrónica em anexo:

segunda-feira, 4 de junho de 2012

Festa do JCE - Juventude, Cinema e Escola


E foi a festa do Juventude, Cinema e Escola.

No cinema António Pinheiro, a 25 de maio, com alunos vindos das escolas João de Deus e Tomás Cabreira, de Faro, e os nossos. Festa só para finalistas, alunos dos 11º e 12º anos. 

Prémio de expressão plástica - Dorília Gonçalves

Muitas e boas curtas-metragens foram exibidas como separadores de outras atividades: entrega de diplomas aos professores JCE e Tavira a arrecadar todos os prémios - expressão escrita (Erica Laranjo e David Amaro), plástica (Dorília Gonçalves). Também se exibiu o filme “Raposo manhoso” de Mauro Viegas, com Sara Silvestre, Jessica Chagas e Ricardo Tubal nos principais papéis. O Mauro e a Sara foram ao palco falar deste último projeto com 27 minutos de duração, cuja ação decorre em Tavira e Cabanas. Bem, muito bem acolhido pela assistência.

Não nos correu bem o Jogo da Glória no qual entrámos com duas equipas muito bem preparadas mas… jogo é jogo e não tivemos sorte. Ficaria mal ganharem os anfitriões… Deixámos o prémio ir para os alunos da Tomás Cabreira. No próximo ano teremos a desforra.

Melhor correu aos alunos do curso de multimédia do professor Rui António (João de Deus) com quatro minúsculos e interessantes filmes dos quais o público cinéfilo votou um como premiado.

Palmas e alegria sinalizaram o fim de mais um ciclo do programa que, esperamos, tenha continuidade no próximo ano letivo.

A todos os professores JCE da nossa escola, obrigada pela participação na formação de um público exigente, porque conhecedor e crítico.

A professora coordenadora do JCE na nossa escola; Edite Azevedo

 Erica Laranjo, 11º E, - prémio de texto
                                                   David Amaro, 12º A1, - prémio de texto
   

Dorília Gonçalves, 12º E , prémio  de artes plásticas




      
                                          Rosalina Djedjo, Raquel Silva e Rosalinda Ova, 11º C1 e C2 -
                                                        equipa concorrente ao Jogo da Glória:  "A Glória do Cinema"
                                           Patrícia Estêvão, Patrícia Horta e Sara Sousa, 12º C2 e C  -
                                                         equipa concorrente ao Jogo da Glória:"A Glória do Cinema"

Assista à curta-metragem "Raposo Manhoso" AQUI

É premente respeitar o Ambiente

Embora devamos agir diariamente para preservar o ambiente, o calendário diz-nos que amanhã, 5 de junho, é o Dia Mundial do Ambiente. Para nos recordarmos como é premente repensarmos o nosso modo de estar e de respeitar a natureza, convidamo-vos a ver o vídeo em anexo: Clique AQUI

Testemunhos sobre SERAFINSTÓRIAS - os contos e os livros



Jorge Serafim, o contador de histórias, esteve na nossa escola no dia 27 de Abril, por patrocínio da DREALG, e organização da nossa Biblioteca.

Fruto de uma reflexão posterior, durante uma aula de Português, os alunos da professora Maria Antonieta Couto redigiram uma breve apreciação crítica da atividade a que assistiram, tendo as mais significativas sido transcritas para o documento que abaixo inserimos:


Testemunhos Serafinstórias 10º A1

sexta-feira, 1 de junho de 2012